Afinal, por onde começar?

18:25



Muitas vezes já temos tomada nossa decisão de mudar de estilo de vida, mas junto com essa certeza temos inúmeras dúvidas de como iniciar essa mudança e como aplicá-la na prática. Tendo diversas dúvidas sobre o que funciona ou não, afinal são tantas receitas “milagrosas” disponíveis na internet, livros e amigas que tudo isso acaba causando uma tremenda confusão mental. Nesse post vou compartilhar minha opinião e os meus maiores aprendizados nesse processo de mudança de hábitos e emagrecimento.

Primeiro passo é a calma, afinal foram tantas besteiras ingeridas durantes anos e vocês realmente acham que existe o milagre do emagrecimento? Pode até existir esse milagre, mas eu confesso não o conheço.
Depois de acalmada a ansiedade, vamos aos questionamentos: Sugiro que comecem a questionar tudo, exatamente tudo que fazem ou fizeram com relação a alimentação e atividade física, tem algo em especifico que fez com que você perdesse o controle?

Quanto a alimentação, vou listar minhas maiores descobertas e o que atualmente mais prezo na escolha do meu cardápio:

  •       Proteína: Sempre consumir uma proteína de alto valor biológico durante o dia (frango, ovo, peixe etc) isso parece obvio, mas reflitam um pouquinho, quando estamos na rotina robótica dos nossos compromissos muitas vezes acabamos esquecendo de consumir a proteína, já que geralmente ela é encontrada nas refeições principais que por vezes são substituídas por qualquer opção mais prática, como um lanche. Então, deixo esse item para refletirem como tratam essa situação no dia a dia.
  •       Leitura: Leiam o rótulo de tudo, questionem e pesquisem cada item que consta no alimento. Uso o exemplo da água de coco, vocês já viram que tem diferença nos ingredientes de cada uma delas? Sobre o pão “integral”, vocês sabiam que a maioria dos pães não são integrais de verdade? Pois é, para um pão ser categorizado como verdadeiramente integral o primeiro ingrediente deve ser a farinha integral.
  •       Nutriente: Busque alimentos completos em nutrientes independente das calorias que o alimento possui, uso como exemplo o abacate que é altamente calórico e repleto de nutrientes importantíssimos para o nosso organismo.
  •       Facilidade: Sempre tenha comida saudável de fácil acesso, sendo na bolsa, na gaveta do trabalho, em casa, no carro etc. Sentir fome é tudo que não poderá acontecer ao iniciar esse processo, então planeje tudo com muito cuidado e carinho.
  •     Reflita: Sempre pense como incrementar uma refeição com mais nutrientes, exemplo: Pedir café com canela; bater uma semente nos sucos; trocar açúcar por outro ingrediente, assim como o mascavo, mel etc. Faz parte do contexto ser a “chata” do lugar.
  •       Planeje: Não sinta fome, volto a ressaltar essa questão. Esse item é o mais importante na minha opinião, sendo parte fundamental para alcançar seu resultado. A fome traz uma sensação de desespero e a busca de alimentos rápidos e práticos e também inibe sua capacidade de refletir antes de comer e com isso você acabará consumindo qualquer alimento. Sou daquelas pessoas que fica insuportável quando está com fome, não consigo disfarçar essa situação e muitas vezes me transformo em outra pessoa que não me representa de verdade. Então aprendi que quando não planejava minhas refeições eu acabava comendo a primeira comida rápida que aparecia na frente, seja saudável ou não. Então depois de muitos deslizes no início do meu processo de emagrecimento hoje tenho isso bem claro, sempre planejo minhas refeições independente das circunstâncias.

Quanto a certeza do que faz realmente bem, é algo que você só saberá no dia a dia. Cada organismo é diferente do outro e o que funciona para um pode ser ruim para outra pessoa, então minha sugestão é experimentar e analisar como o seu corpo reage com cada alimento, no meu caso por exemplo, depois de muitas observações conclui que o meu organismo é muito sensível com a bebida alcoólica, mesmo sendo apenas uma tacinha de vinho, que é o que consumo atualmente em encontros sociais, já é suficiente para me deixar inchada e com retenção de líquido. Então, durante todas as refeições observe como o seu organismo reage a cada alimento consumido.

Outra dica importantíssima é procurar um profissional especializado para lhe ajudar com às suas necessidades.

Agora, faça sua listinha e depois volta aqui para me contar tudo! ;)

You Might Also Like

3 comentários

  1. Adorei as dicas! Com cuidados diários do que comemos, podemos ficar sim, um dia, mais saudáveis.
    Adorei seu blog.
    Bjos e bom final de semana,
    Blog: DMulheres
    Instagram : @dmulheres

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sheyla, obrigada! é exatamente isso, precisamos de tempo para nos adaptarmos a esse estilo de vida. Beijos e obrigada pela visita ;)

      Excluir
  2. Recomeçando hoje! Estou lendo e me inspirando para o recomeço, confesso que isto está mexendo todas as coisas que estavam confortáveis para mim, adorei encontrar este espaço, por indicação da Marrie. Continue nos inspirando. Beijaum!

    ResponderExcluir

Popular Posts

Like us on Facebook

Instagram