Endorfina: O vício do bem

22:00




Sabe aquela motivação bombástica de pular da cama cedo e fazer uma corrida matinal? Não, não sabe? Então você nunca experimentou o benefício magnífico da endorfina.
Querer sentir isso não é maluquice, é a certeza de que esse hormônio mudará completamente seu dia. A atividade física entrou na minha vida ainda quando eu era criança e não foi por prazer mas sim por necessidade. Iniciei com ballet clássico quando tinha apenas três anos de idade e permaneci nessa modalidade até os dezoito anos, onde tive que abdicar em prol da faculdade. A interrupção da atividade física somada com aqueles hábitos típicos dos universitários (salgados, bares, comidas rápidas etc.) foram os responsáveis por trinta quilos a mais em um curto espaço de tempo. Então, no último semestre da faculdade decidi voltar com a atividade física por questões de saúde, estética e também por obrigação. Maiores detalhes dessa  etapa você encontra no post sobre a minha história.

Compartilho essa trajetória com vocês para que entendam que essa sensação prazerosa que a atividade física traz não começou da noite para o dia e que no início foi sim algo forçado, tanto quando eu tinha três e também com vinte anos, onde estava mais madura. No final da faculdade decidi sair do sedentarismo e tive que me esforçar muito para não desistir. Demorei muito para ver os resultados, o que me frustrava bastante. Houve um momento, que eu não recordo em especifico qual foi, onde comecei a perceber pequenas diferenças no meu corpo, que começava a tomar forma e observei uma leve definição, junto com a sensação de menos inchada do que habitualmente. Foi nesse momento que comecei a me dedicar mais aos treinos e também à alimentação. Então, me dediquei, foquei, pirei e viciei.

Hoje assumo que me tornei uma pessoa viciada nesse hormônio do bem, mas foi um processo gradual e hoje posso afirmar que alcancei a sensação de prazer absoluto com a atividade física. Muitas vezes sinto que esse “vício” deixa de ser saudável quando afeta minha vida social, já que não sentir esse prazer diariamente me deixa uma pessoa mal humorada e preguiçosa. Quero deixar claro para vocês que tive que treinar muito até que essa sensação chegasse e hoje posso garantir que é a melhor sensação do universo, é uma sensação ímpar que precisa ser sentida.

A atividade física me faz sentir viva, forte e feliz. Geralmente me acham louca de sentir isso, mas na minha opinião, louco é quem passa por essa vida e não vive esse prazer. Esse remédio simples e natural pode curar qualquer tristeza, raiva ou desmotivação e consegue eliminar qualquer sentimento ruim que esteja dentro de você e é esse combustível que te mostra o quanto você é forte e que tudo está nas suas mãos.

Para aquelas pessoas que estão no início desse “vício” posso afirmar que dentro das suas limitações vale a pena insistir para que alcance essa sensação. Comecem com calma porque isso é realmente viciante, é pior do que chocolate, acreditem! Depois não vale dizer que eu não avisei.

Para iniciar essa busca, sugiro que experimentem uma caminhada de manhã com uma música tranquila, prestando atenção na respiração e sentindo o despertar para um dia magnífico. Sinta como é maravilhoso caminhar e sentir-se VIVA!


Gostou? Compartilhem com as amigas e me escrevam suas experiências. Esse blog foi criado com o principal objetivo de ajudar pessoas a encontrarem essa felicidade absoluta que a atividade física oferece.

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Instagram