Sobre as férias #MeuMomentoNannai

17:23


Oi, gente, estou de volta! :)
Primeiro, desculpem-me pelas inúmeras fotos que postei no Insta. Foi muito difícil manter o controle naquele cenário paradisíaco, e sei que sai um pouco do assunto vida saudável e entrei um pouco mais na minha vida pessoal, que não é só treino e dieta. Escolher as fotos para postar neste artigo foi algo ainda mais difícil, mas juro que vou tentar resumir e manter o foco na alimentação e no treino.

Sobre o Nannai:

Foi o melhor hotel que visitei até hoje! Além da beleza do lugar, os funcionários são extremamente cordiais e atenciosos; a qualidade das comidas é um diferencial do hotel, com uma enorme variedade sem perder a qualidade. Os quartos são charmosos e têm um clima romântico, confiram só:





 

Alimentação:

No café da manhã, eu optei por omelete de queijo branco ou ovos mexidos sem sal e no azeite – já que lá é quase tudo na manteiga, eu pedia para que fizessem no azeite. Mesmo o azeite sendo uma péssima opção para temperaturas altas, eu achei preferível à manteiga. Também havia a opção de tapioca e pães diversos, mas optei pelos ovos. Depois, ia para as frutas, e só depois experimentava algum pedaço de bolo com café – que por sinal são divinos! Esse foi o meu ponto fraco: experimentei os de coco, milho e cenoura. Na saída do café da manhã, eu sempre levava uma fruta para o intervalo, optando por banana ou maçã.
 





O almoço no hotel é à parte, mas o café da manhã era tão bem servido que não sentíamos fome e optávamos por aguardar o chá da tarde. Como eu levei oleaginosas e barrinha de proteína, usava isso como almoço.

Havia um chá da tarde DELICIOSO; com tapioca, pães, tortas e bolos. Optava por tapioca de queijo branco com tomate ou com pouco presunto. E depois um pouco de café ou chá com um pedaço de bolo.

Já o jantar era a principal e mais deliciosa refeição. Com variedade de saladas, vegetais, risotos, massas, carnes, peixes etc. Optava por iniciar a refeição com um prato de salada e um grelhado ou carne. Depois, experimentava algum risoto (sim, eu amo risoto) com vegetais cozidos e uma opção de peixe – sem ser frito, é lógico. Combinamos os jantares do final de semana com um bom vinho branco e água, muita água para hidratar. A bebida alcoólica era apenas no jantar, durante a tarde na piscina optávamos por muita água de coco.





 

Treino:

Quando estou de férias, eu AMO treinar! A atividade física nesse período me ajuda a não ficar preguiçosa, já que as férias têm essa característica. Estivemos no hotel por sete dias, e consegui treinar em quatro dias – uma boa média para período de férias. Fiz caminhada intensa na esteira e transport em alta intensidade, com picos de um ou dois minutos. Escolhi um treino otimizado de musculação com equipamentos e peso livre e finalizava com alongamentos e também abdominal.


E, caso você esteja se perguntando se eu consegui ser feliz “passando vontades”, posso afirmar que essa é a maior felicidade da minha vida. Quando você faz uma reeducação alimentar, seu paladar muda, e nada é mais prazeroso do que a sensação de bem-estar. Tive algumas escapadinhas para matar algumas vontades, que foram suficientes para esse novo paladar.

Foi isso, pessoal, consegui manter a alimentação saudável (exceto pelos bolos) durante o período de férias. Na volta, a balança subiu dois quilos, mas que já foram embora – era apenas retenção de líquido por ter saído da rotina.

Viram como é fácil manter sua rotina em período de férias? Há algum tempo atrás eu conseguia aumentar de quatro a cinco quilos nessa época, acreditam? E vocês, geralmente “enfiam o pé na jaca” nesse período? Me escrevam suas estratégias e experiências.

Muita saúde!

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Instagram